ILUSTRARTE 09
ILUSTRARTE 07O JURI E PROCESSO DE SELECÇÃO
OS VENCEDORES
OS 50 SELECCIONADOS
A EXPOSIÇÃO

ILUSTRARTE 05
ILUSTRARTE 03
EVENTOS ANTERIORES
 
O JURI
 
O processo de selecção de trabalhos decorreu no início do mês de Setembro e os elementos do júri foram Anthony Browne (inglês, ilustrador, Prémio Andersen 2000), Christian Bruel (francês, editor), Ju Godinho (portuguesa, Comissária da Ilustrarte), Barbara Scharioth (alemã, ex-directora da Biblioteca Infantil Internacional de Munique)
e João Vaz de Carvalho (português, pintor e ilustrador, vencedor da Ilustrarte 2005).


Anthony Browne

Inglaterra
Ilustrador,

Prémio Andersen 2000

Barbara Scharioth

Alemanha
Ex-Directora da Bibioteca Infantil Internacional de Munique

Christian Bruel

França
Editor das Edições Être

João Vaz de Carvalho

Portugal
Pintor e Ilustrador,

Vencedor ILUSTRARTE'05

Ju Godinho

Portugal
Comissária da ILUSTRARTE
 
O JURI
 

COMO SELECCIONAR 50 ILUSTRADORES ENTRE 1360?

Antes de mais, cada elemento do júri teve oportunidade de percorrer as mesas, familiarizando-se com as imagens. Seguiu-se um processo de pré-selecção individual, o que permitiu rejeitar os trabalhos que claramente não possuíam os padrões de qualidade requeridos. Em seguida, os elementos do júri classificaram, também individualmente, cada conjunto de ilustrações em “Bom”, “Muito Bom” e “Excelente”. Uma primeira selecção de 50 ilustradores emergiu dessa classificação.

É importante referir que neste momento do processo de selecção, se tornou evidente que os trabalhos da ilustradora Susanne Janssen, apresentavam forte probabilidade de figurar entre os finalistas. Assim, Christian Bruel, simultaneamente editor do trabalho em causa, declarou que não deveria continuar a participar na selecção e retirou-se do processo com a concordância dos restantes elementos do júri.

Os restantes quatro elementos do júri reavaliaram e confirmaram as ilustrações seleccionadas e, por unanimidade, atribuíram o 1º prémio e menções especiais.